C30

Katana Portobello vence Classe C30 na abertura do Circuito Oceânico de Santa Catarina

Barco de Florianópolis venceu a regata de percurso, seguido por Caballo Loco (SP) e Loyalty (RS); competição segue até sábado (05/02) em Jurerê

02.02.2022  |  709 visualizações

São Paulo (SP) – Mesmo em uma regata de 42 milhas (cerca de 80 km) o equilíbrio prevaleceu nesta ensolarada terça-feira (1º/02) entre as seis embarcações da Classe C30 no Circuito Oceânico Ilha de Santa Catarina. Após quase cinco horas de regata, o barco da casa, Katana Portobello venceu a prova inaugural. Caballo Loco, Loyalty, Zeus, Kaikias Via Itália e Kairós cruzaram a linha de chegada em seguida, próximos uns dos outros.

O vento de sueste para sul, variando entre 12 e 17 nós impulsionou mais de 50 barcos inscritos na competição. A Classe C30, atração à parte por não haver necessidade na correção dos tempos, mostrou duelos acirrados devido ao talento das tripulações. O vencedor Katana, por exemplo, leva a bordo os velejadores olímpicos Bruno Fontes e André Fonseca, o Bochecha.

“Foi uma regata muito boa, em condições praticamente perfeitas. O vento apertou bastante ao longo da tarde e o equilíbrio foi muito grande. Conseguimos abrir um pouco no final da prova, mas montamos as boias com os barcos sempre muito próximos” observou o vice-campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2019, Bruno Fontes, tático do Katana Portobello.

Sol, vento e emoção - A sensação de uma regata perfeita também foi vivenciada por Mauro Dottori, comandante do atual bicampeão brasileiro e do Circuito de Santa Catarina, Caballo Loco. “Largamos de balão e passamos rente à Praia de Jurerê para que o público pudesse ver os barcos de perto. Depois seguimos para a Ilha das Aranhas. O Kaikias levou a melhor nesse primeiro percurso, em popa”.

“No retorno à praia, o Portobello acertou o bordo e ultrapassou o Kaikias. Em seguida nós também fizemos a ultrapassagem, mas rasgamos a vela balão. “Como tínhamos boa vantagem, conseguimos manter a segunda colocação até cruzarmos a linha de chegada, graças ao esforço da tripulação”, elogiou Dottori. Mais sete regatas barla-sota estão previstas para a Classe C30 até sábado (05) na Sede Jurerê do Veleiros da Ilha (ICSC).   

O rival do Caballo Loco nas regatas de Ilhabela, Kaikias Via Itália, teve alguns imprevistos a bordo. “Fizemos um largadão, e mantivemos a dianteira no contravento. A Classe C30 possui uma flotilha que não permite erros porque os barcos velejam embolados. O Portobello assumiu a liderança e logo depois fomos alcançados pelo Caballo Loco, na hora de içar o balão na Ilha das Aranhas, mas o campeonato está só começando”, resignou-se Beto de Jesus, timoneiro do Kaikias Via Itália.          

 

Classe C30 no Circuito de Santa Catarina (uma regata) 

1 – Katana Portobello (Cesar Gomes Neto) – 1 ponto perdido

2 – Caballo Loco (Mauro Dottori) – 2 pp

3 – Loyalty (Alexandre Leal) – 3 pp

4 – Zeus (Inácio Vandresen) – 4 pp

5 – Kaikias Via Itália (Eduardo Mangabeira) – 5 pp

6 – Kairós (Alessandro Penido) – 6 pp

 

Ary Pereira Jr - ary70jr@hotmail.com
MTb: 23.297 / (11) 9 8937-2845
  

 

 

 

 

  • Katana Portobello (07) e Loyalty (06)
    (@HeusiAction)

  • Caballo Loco
    (@HeusiAction)

  • Zeus Sailing Team
    (@HeusiAction)

  • Kairós no popa
    (@HeusiAction)

  • Largada da C30 em popa
    (@HeusiAction)

Leia também...

25.05.2022

Classe C30 é destaque no warm up para Semana de Vela de Ilhabela

Barcos disputam a segunda etapa da 22ª Copa Mitsubishi nos dois próximos finais de semana; liderança na C30 é do Caballo Loco

21.03.2022

Caballo Loco domina regatas da Classe C30 e ganha etapa de abertura do Circuito Ilhabela

Barco de Ubatuba venceu as cinco regatas que disputou e saiu na frente na competitiva Classe C30 pela Copa Mitsubishi

17.03.2022

Desafio da tripulação do Caballo Loco é manter a liderança da Classe C30 no Circuito Ilhabela

Timoneiro e tático do barco do litoral norte paulista, Juninho de Jesus utiliza sua experiência para "decifrar" as raias do Canal de São Sebastião na Copa Mitsubishi

10.03.2022

Retorno do Caiçara é atração da Classe C30 na vela oceânica em Ilhabela

Barco tetracampeão da Circuito Ilhabela de Vela Oceânica, atual Copa Mitsubishi, retorna à raia neste sábado, após dois anos de ausência

Entre em contato